os Desafios no Turismo

o futuro do turismo para os próximos 2 anos

Considerada pela Organização Mundial do Turismo, a OMT, como a maior crise no setor, superando as de 2001 e 2008 juntas, a crise causada pelo novo coronavírus em 2020, no segmento de turismo, viagens de lazer e corporativas, pode demorar de cinco a sete meses para se recuperar de todas as perdas.

 

Enquanto outros setores da economia mundial buscam soluções para amenizar o rombo da recessão. O Setor de turismo é o primeiro setor a ser impactado e provavelmente um dos últimos a se recuperar em cenários futuros.
 

“Se existia uma previsão de crescimento do turismo global entre 3 e 4% em 2020, já se pode estimar uma queda entre 20 a 30% nas viagens e uma perda de US$ 300 a 450 bilhões nos gastos dos viajantes internacionais.

Podemos assistir um efeito-domino muito  triste com fechamento de muitas agencias de turismo pelo Brasil afora, sendo aquelas, principalmente que pagam aluguel, e que tem funcionários acima de 5 pessoas e nenhuma expectativa de receita para fazer frente as obrigações correntes”.

As avaliações dos especialistas do setor e da economia preveem cenários preocupantes:

 

1- US$ 39 bilhões de bilhetes comprados e não voados que são responsabilidade das companhias aéreas, operadoras e agências de viagem, e que implicará na manutenção da saúde financeiras dessas empresas.

2-No Brasil, tivemos quase 64 milhões de cancelamentos de voos por parte dos viajantes e por causa dos cancelamentos de voos, tanto em fevereiro, quanto em  março, fechamento temporário das operações da rede hoteleira pelo Brasil afora, e fechamento de fronteiras internacionais.

3-Tempo de recomposição do poder aquisitivo anterior do viajante e o tempo em que essa reconstrução financeira pode levar até que ela possa retomar seu planejamento de viagem.

4- O fator mais determinante dos caminhos para os possíveis cenários que podemos intuir através das GRANDE MUNDAÇAS DOS HABITOS  DO CONSUMIDOR, as consequências emocionais que todo esses susto, pesadelo, frustração que a tão planejada vigem conseguiu produzir para o viajante. Com a novas cautelas, exigências e critérios, como ele pensa em viajar no futuro?

5 - Mudança de hábitos do consumidor é outra tendência,com mais impactos em toda a indústria de turismo, que podemos esperar, mesmo que ainda sendo cedo para entender como irá ocorrer.
 

De certo, o setor do turismo sofrerá um grande abalo econômico pelos próximos meses. O que os profissionais precisam, no momento, é respirar e coordenar ações junto aos órgãos responsáveis, cobrar a segurança necessária para continuar movimentando este setor da economia que sempre gerou lucros e receitas para as nações.
É um importante momento de união e precisamos contar com o apoio de todos no setor.

Horário de Atendimento 
Segunda a Sexta das 09:00h às 18:00h

Sábado das 09:00h às 13:00h

A Antaris Travel transforma o desejo de viagem em experiências inesquecíveis através de lembranças marcantes.

Temos paixão pelo que fazemos, excelência na viagens e dedicação total ao Cliente.

contato@antaristravel.com.br

R. Teixeira, 352 - 2° Andar - Ed. Espelho do Lago
Taboão - Bragança Paulista/SP - CEP.: 12.916-360

11 4032-8918

11 98845-8372

© 2018 Desenvolvido por Ding Publicidade