Horário de Atendimento 
Segunda a Sexta das 09:00h às 18:00h

Sábado das 09:00h às 13:00h

A Antaris Travel transforma o desejo de viagem em experiências inesquecíveis através de lembranças marcantes.

Temos paixão pelo que fazemos, excelência na viagens e dedicação total ao Cliente.

contato@antaristravel.com.br

R. Teixeira, 352 - 2° Andar - Ed. Espelho do Lago
Taboão - Bragança Paulista/SP - CEP.: 12.916-360

11 4032-8918

11 98845-8372

© 2018 Desenvolvido por Ding Publicidade

Bolívia

1 Dia

Bolívia - Isla del Sol

Roteiro sugerido nos quais todos os detalhes podem ser adaptados de acordo com os interesses e expectativas de cada viajante.

Excursão de dia inteiro ao sul do Lago Titicaca, Copacabana e Ilha do Sol, de La Paz.

US$80

A Partir de

Resumo

Roteiro sugerido nos quais todos os detalhes podem ser adaptados de acordo com os interesses e expectativas de cada viajante.

Pacote de 4 dias com 3 noites de hospedagem em Buenos Aires.

Aproveite a vista do Lago Titicaca e dos Andes Aprenda sobre a cultura e a história andina local com seu guia amigável Visite a Basílica da Virgem e as bancas de artesãos locais em Copacabana Monte uma lancha fretada em particular para a Ilha do Sol e passeie pelas ruínas incas Almoço à beira-mar, taxas de entrada, transporte e embarque e desembarque do hotel incluídos.

Dicas

 

A Bolívia já é um destino tradicional entre os mochileiros, mas desconhecida de grande parte da população.

OS 4 DESTINOS NATURAIS PARA CONHECER NA BOLÍVIA

1-Salar de Uyuni - é o maior e mais alto deserto de sal do mundo, com 10.582 km2 e a 3.656 metros acima do nível médio do mar. Ele está localizado nos departamentos de Potosí e Oruro, no sudoeste da Bolívia, perto da borda da Cordilheira dos Andes.

2-Lago Titicaca - é o mais alto lago do mundo localizado nos Andes, na fronteira entre o Peru e a Bolívia. Éo maior lago da América do Sul em volume de água.

3-A Illimani - faz parte da chamada Cordilheira Real, que ainda possui outras montanhas conhecidas, como a Illampu, a Hanko Uma e a Huayna Potosí, todas com mais de 6 mil metros de altura e próximas de La Paz.

4-Parque Nacional Madidi - é uma das principais reservas naturais do mundo com mais de 3.200 espécies de animais e 2.800 tipos de plantas, além de comunidades indígenas assentadas que falam idiomas nativos, se tornou desde então um dos principais destinos dos turistas – notadamente os dos Estados Unidos.

Dicas e sugestões de passeios nas principais cidades bolivianas:

La Paz: É a capital mais alta do mundo com 4600 metros, entre as imponentes montanhas das cordilheiras dos Andes, em pleno altiplano boliviano, e é ponto de partida para visitar várias atrações turísticas pela região de La Paz.

As principais atrações de La Paz são:

• Praça Murillo
• Congresso
• Palácio Quemado
• Catedral
• Calle Jaén
• Igreja de São Francisco
• Calle Sagarnaga
• Mercado das Bruxas
• Os mirantes de La Paz

Já quem quer estender a viagem até os arredores da cidade, pode incluir no roteiro:

• Valle de la Luna
• Chacaltaya
• Huayna Potosi
• Tiawanaku
• Estrada para Coroico

Para conhecer o básico da cidade, circulando apenas pelo centro, dois dias em La Paz podem ser suficientes. Já para quem quer incluir os passeios aos lugares mais distantes, serão necessários quatro ou cinco dias de estadia.

Os passeios mais fascinantes são:

1-Excursão para Lago Titicaca, Copacabana e Ilha do Sol, saindo de La Paz.

2-Excursão para o Salar de Yuni de 2 dias  incluindo a Ilha Incahuasi e o vulcão Tunupa

3-Excursão para o Sítio Arqueológico Tiwanaku de La Paz, um vasto sítio arqueológico nas margens do Lago Titicaca, em uma excursão privativa de meio dia partindo de La Paz. Acompanhado por um guia especializado, visite as majestosas pirâmides e templos sagrados

4-Excursão para o Vale da Lua, a apenas 10 minutos de La Paz, na Bolívia, pode ser considerado um daqueles lugares surreais que temos aqui na América do Sul. O nome veio à tona como uma alusão ao terreno lunar,

Cochabamba: A cidade fundada em 1542, que fica na rota mais direta entre Santa Cruz de la Sierra e La Paz. Situada a um pouco mais de 2.500m é uma ótima opção para quem chega à Bolívia por terra, pois permite uma adaptação gradual à altitude.

Do ponto de vista turístico, a cidade perde para La Paz, mas é mais interessante. Os prédios são coloniais, tem um mercado de índios enorme e riquíssimo, paisagens bonitas e é um importante centro universitário.

1-Mercado La Cancha que é um dos maiores mercados da América Latina e, na verdade, La Cancha é uma área que compreende diversos mercados, feiras, tendas e espaços de venda.

2-Plaza 14 de Setiembre, que é a principal de Cochabamba, preservada em seu estilo original colonial espanhol e bastante movimentada.

3-Museo Arqueologico de la Universidad - O museu possui um acervo interessantíssimo de peças arqueológicas quéchuas e aimarás, composto de cerâmicas, armas e múmias.

4-Mirante Cristo de La Condordia;onde se pode avistar toda a cidade de Cochabamba.

Oruro; a cidade de Oruro , está a 3.700 metros entre os departamentos de La Paz e Potosí.

O principal atrativo turístico desta cidade é o famoso Carnaval de Oruro, o único no mundo por seu sentido religioso, onde é feita uma homenagem à virgem local com utilização de máscaras representando cobras, lagartos e sapos, representando um espetáculo de luta do bem contra o mal, uma realização de fé e teatro popular.

1-Parque Nacional Sajama - um dos parques mais bonitos do país  aos pés de montanhas e vulcões, a paisagem é composta ainda pela presença de lhamas, termas e das casinhas simples que formam o pequeno povoado que habita a região.

2-Museu Antropológico Eduardo Lopes Rivas

Este é um dos museus mais interessantes do país, onde são expostos diversos itens que retratam a evolução e cultura dos povos que há milênios ocupavam esta região da América do Sul

Potosi: Esta é uma das cidades mais altas do mundo, a 4.070 metros de altitude.

1-Plaza 10 de Noviembre |Aqui está o coração de Potosí. Perto dessa praça estão quase todos os principais pontos de visitação da cidade, como a Catedral e a sede do governo local.

2-Convento y Museo Santa Teresa Apesar de ainda funcionar como um convento, o Santa Teresa abre suas portas para visitas ao museu que celebra a história religiosa e colonial de Potosí. O prédio, tingido de um vermelho telha, é absolutamente lindo. Internamente é dividido em dois pátios que são rodeados pelas salas do museu.

Sucre: a capital constitucional da Bolívia é Sucre, e não La Paz e foi fundada em 1538, Sucre tem um centro histórico considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco.  Os edifícios, cortiços e casarões que compõem essa parte da cidade ainda estão como foram construídos, entre os séculos XVI a XIX, quando o lugar era morada das famílias mais ricas e respeitadas da Bolívia.A cidade está a 2800 metros de altura e, é conhecida como “cidade branca” que Sucre leva é o de “cidade de 4 nomes”, uma vez que no passado já se chamou Charcas, La Plata e Chuquisaca.

A maioria das atrações estão concentradas no centro histórico e dá para conhecer praticamente tudo a pé.

1-Plaza 25 de Mayo

2-Catedral Metropolitana de Sucre: A Catedral fica bem na Plaza 25 de Mayo, se destacando pela sua torre em estilo barroco. Ali funciona também o Museo de La Catedral, onde fica capela da Virgem de Guadalupe.

3-La Recoleta

La Recoleta fica em uma parte alta da cidade, o que garante um bom visual de Sucre. Ali também encontramos uma feirinha de artesanato, um museu e o Mosteiro de San Francisco, de 1601.

4-Casa de La Libertad: Esse é o endereço da Proclamação da República da Bolívia, onde Simón Bolívar escreveu a primeira Constituição.

5-Museu de Arte Indigena: Esse museu é o melhor lugar para aprender sobre as tradições indígenas de alguns povos da América Latina, como os Jalq’a e Tarabuco.

Santa Cruz de la Sierra; é a maior cidade e ‘capital econômica’ da Bolívia. É a principal porta de entrada a partir do Brasil, com voo direto  saindo de São Paulo. A cidade dos anéis, como é conhecida, é uma das cidades que mais cresceu no mundo nos últimos anos e, atualmente, atrai investidores, empresas e turistas.

Atrativos turísticos de Santa Cruz de la Sierra

1-Plaza 24 de Septiembre e Catedral Basílica de San Lorenzo. A Praça 24 de Setembro é o principal símbolo da cidade, junto com a Catedral Basílica de San Lorenzo. É um marco de mais de quatro séculos de história religiosa boliviana e a construção atual data do início do século XX.

2-Passeio pelo Centro histórico

3-Ventura Mall

4-Biocentro Guembé

5-La Rinconada

6-Ivaga Guazu

7-Jardim Zoológico

8-Jardim Botânico

9-Lomas de Arena

10-Parque Nacional Amboró

Tarija: é a cidade ao sul da Bolivia:  Um dos destaques são as vinícolas de Tarija, região que produz a bebida a partir de 1.600 metros acima do nível do mar, contando com uma vasta rota turística.

Vizinha de Salta, na Argentina, a cidade tem alguns pontos a seu favor: boa incidência de luz solar, chuvas escassas e amplitude térmica. Assim, consegue produzir vinhos de altitude, com maturação e álcool em níveis mais baixos do que os argentinos.

1-tours eno-gastronômicos na Bodega Campos de Solana, Bodega Casa Real, Casa Vinícola el Potro, Casa Vieja e Boadega Aranjuez que compõe a Ruta del Viño de Tarija.

Rurrenabaque: é uma pequena cidade no norte da Bolívia no rio Beni famosa por ser a porta de entrada do Parque Nacional de Madidi.

Madidi é um parque nacional na bacia do alto rio Amazonas, fundada em 1995 e possui uma área de 18.958 km2 e, junto com as áreas protegidas Manuripi-Heath, Apolobamba e a Reserva da Biosfera de Manu.

É uma das principais reservas naturais do mundo. Com mais de 3.200 espécies de animais e 2.800 tipos de plantas, além de comunidades indígenas assentadas que falam idiomas nativos, se tornou desde então um dos principais destinos dos turistas – notadamente os dos Estados Unidos.

As atrações são os pacotes de 3 dias e 2 noites pelo Parque Madidi.

Turismo na Bolivia

A Bolívia é um país pequeno e parece um vizinho desconhecido que o brasileiro mal ouve falar ou se ouve, pouca importância lhe dá.

Está aqui ao nosso lado!

O país tem as paisagens mais belas da América do Sul, como o Salar de Uyuni e o Lago Titicaca, além de exóticas cidades cheias de atrações, como La Paz, Cochabamba, Potosí e Oruro e sua gente muito receptiva, quase 80% andinos.

É um povo com tradições indígenas muito forte.

A cultura boliviana tem muitas influências incas e de outros povos índios na religião, música, vestuário e comida, deixando um legado histórico riquíssimo.

A Bolívia é o país  sul americano mais barato para os turistas.

Apesar de figurar entre os países mais pobres do continente, a Bolívia guarda uma das melhores experiências que a gente pode ter numa viagem, surpresa, admiração e encantamento.

Santa Cruz de la Sierra e La Paz  são a porta de entrada principal para quem vem do Brasil por avião.

La Paz, a capital da Bolivia a 4500 metros de altura no meio das Cordilheiras dos Andes tem seu principal destaque o seu centro histórico muito bem preservado e reconhecida pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade como parte do primeiro projeto urbano da cidade, com características europeias, em tempos que remontam à sua fundação há 500 anos atrás.

Você vai se surpreender com a quantidade de atrações que a cidade oferece.

Além de prédios históricos, ali estão muitas lojas, lanchonetes, restaurantes, albergues, pousadas, agências de turismo e vendedores ambulantes e seu Mercado das Bruxas, Mercado de Las Brujas, famoso por seus itens voltados para a prática de antigos rituais tradicionais da cultura aymara e quéchua

Museus repleto de história, construções antigas que impressionam, ótimos restaurantes, artesanatos e belezas naturais em meio aos Andes são algumas das atrações que você poderá visitar na cidade.

La Paz também é o ponto de partida para várias atrações dentro da Bolivia, com o Lago Titicaca, Salar de Yuni, o sítio arqueológico de Tiwanaco.

Salar de Uyuni é a maior planície de sal do mundo e o ponto ápice de uma viagem a Bolívia. Localizado a 3660m de altitude, a gigante planície salgada parece não ter fim. Em tempos pré-históricos, toda a área era parte de um gigantesco lago que um dia acabou secando, deixando como rastro este grande deserto salgado que chega a ter 120 metros de espessura em alguns pontos.

Lago Titicaca está no altiplano dos Andes, na fronteira entre o Peru e a Bolívia  a 3.821m acima do nível do mar, sendo o lago navegável mais alto do mundo e o maior em extensão da América Latina.

O sitio arqueológico de Tiwanako foi palco do império Tiiwanako que se estabeleceu nessa região em 1500 a.c com auge entre 300 dc até 1000 dc, portanto antecessor do império inca.

Cochabamaba é outra cidade bem colonial ao sul da Bolivia que se destaca pelo Parque Nacional Torotoro, que  possui um dos cenários mais pitorescos do país.

O parque possui um grande vale, com canyons formados pela erosão onde é possível avistar diversas pinturas rupestres, ruínas pré-incas, labirintos de cavernas de calcário e pegadas de dinossauro.

Sucre é um destino chave para os mochileiros que se aventuram pelas terras bolivianas. A cidade é bem charmosa e está entre La Paz e o deserto de sal.

Oruro e Potosi são duas cidades coloniais muito bem preservados a 3000 metros acima do nível do mar que tiveram seu auge na época da exploração da prata.

Tarija, cidade mais ao sul da Bolivia, quase fronteira com a Argentina, famosa pela produção de vinhos e suas vinícolas são as mais altas do mundo e colocam a Bolívia na Rota do Vinho.

Parque nacional Madidi, no noroeste da Bolívia, é conhecido por ser um dos mais bio-diversos do mundo, em flora e fauna. O parque está localizado em Rurrenabaque na Bolívia. As principais atrações são a selva e os  passeios , tours guiados para a selva que  pode ser a pé ou de barco pelo parque de Madidi

Rurrenabaque está localizado no rio Beni, no sopé da Cordilheira dos Andes  é conhecido por ser a porta de entrada para a Amazônia Boliviana.

É considerado o terceiro destino turístico mais visitado do país, depois do Lago Titicaca e o Salar de Uyuni.

Considere a Bolívia como um destino seguro e exótico em seus planos de viagem.

 
 
 

Solicite um contato

Como prefere ser contatado?

Conheça outros destinos do mundo

destinos por estilo de viagem

Vai viajar a dois? Quer uma super aventura? Vai com os filhos? A Antaris Travel tem super dicas de diversos destinos para você! Oferecemos mais de 300 destinos no Brasil e no mundo!

Brasil

Mundo

Cruzeiros

Lua de Mel

Religioso

enoturismo