Brasil | Mato Grosso do Sul

7 Dias

Bonito

Roteiro sugerido nos quais todos os detalhes podem ser adaptados de acordo com os interesses e expectativas de cada viajante.


Pacote combinado de visitação a Bonito no Mato Grosso do Sul

R$ 3.426

A Partir de

Resumo

Roteiro sugerido nos quais todos os detalhes podem ser adaptados de acordo com os interesses e expectativas de cada viajante.

Bonito é considerado por muitos o melhor destino de Ecoturismo do Brasil.

A cidade esta localizada a 290km de Campo Grande/MS e oferece a seus visitantes uma gama de atividades onde se destaca pelos seus rios de águas cristalinas, cachoeiras, piscinas naturais e grutas que escondem algumas das maiores belezas naturais do país.

ROTEIRO INCLUI:
– Traslado privativo: Campo Grande / Bonito / Campo Grande
– 06 noites de hospedagem com café da manhã em Bonito no hotel escolhido
– Traslado privativo para os passeios mencionados em Bonito.
– Passeios em Bonito: Gruta do Lago Azul, Abismo Anhumas, Recanto Ecológico do Rio da Prata ( Flutuação) com Almoço, Visita ao Buraco das Araras e Boca da Onça – Ecotur com almoço;
– Assistência/Seguro Viagem GTA Nacional 6.000
Obs: O Roteiro apresentado abaixo é uma sugestão, podendo sofrer alterações conforme a disponibilidade dos passeios.

 
ROTEIRO NÃO INCLUI:
– Passagens Aéreas ( consulte condições e valores);
– Taxas de aeroporto;
– Gorjetas e gastos de natureza pessoais, como bebidas e refeições não mencionadas;
– Qualquer outro serviço que não tenha sido especificado anteriormente.

Roteiro

01º Dia: Campo Grande / Bonito
Chegada ao aeroporto de Campo Grande e traslado regular para Bonito. Chegada em Bonito e hospedagem e noite livre.

02º Dia: Bonito
Após o café da manhã, saída para visitação á Gruta do Lago Azul. Este que é o cartão postal da região e o passeio mais procurado por turistas. Uma imensa caverna com um lago de águas cristalinas e cor azul turquesa que deixa seus visitantes deslumbrados com tamanha beleza. O visitante terá a oportunidade de contemplar as rochas, as formações geológicas, os espeleotemas de várias formas e tamanhos de milhares de anos e também de desfrutar da vista de uma das maiores cavidades inundadas do planeta.

Observações e normas ao respeito do passeio:

Uso de tênis obrigatório.

É necessário um acondicionamento físico moderado.

Duração aproximada: 1h 30min.

Idade mínima recomendada: 5 anos.

Logo após o passeio, retorno para o centro de Bonito. Almoço livre.

No periodo da tarde, iremos realizar o treinamento que a equipe do Abismo Anhumas oferece para avaliar se a pessoa esta apta ou não para realizar o Rapel. O treinamento é feito na central de reservas, que fica no centro da cidade de Bonito. Assim todos podem conhecer as técnicas de descida e ascensão do rapel, além dos procedimentos de segurança que envolve esta aventura. Uma vez que o turista demonstra aptidão para a atividade no treinamento junto aos instrutores do passeio, é assinado o termo de conhecimento de risco e são passadas informações sobre o que deverá ser levado ao passeio. Em seguida o turista é encaminhado para outro local, onde prova os equipamentos para flutuação (roupa de neoprene longa de 05 mm e meia de neoprene). Tanto no treinamento quanto no passeio o turista deve usar camiseta de gola fechada e com manga, tênis, meias grossas de cano alto e calça flexível. No dia do passeio, também levar toalha, roupa de banho, troca de roupa e um lanche – no local não tem lanchonete. Para os turistas que forem realizar rapel e mergulho com cilindro, é imprescindível a apresentação da credencial de mergulhador.

Após o treinamento, retorno para o hotel. Hospedagem e noite livre.

 

3º Dia: Bonito
Após o café da manhã, saída para o Recanto Ecológico do Rio da Prata, um dos mais belos e disputados passeios da região, em que o visitante curte um verdadeiro espetáculo natural, passando por ressurgências de nascente, uma grande diversidade de espécies de peixes e uma rica vegetação aquática. O Recanto Ecológico Rio da Prata faz parte de uma RRPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural).

Chegando à fazenda, os turistas se direcionam até a recepção, onde são recebidos por um funcionário que passa as informações sobre o atrativo e sobre o SGS (Sistema Gestão de Segurança – Projeto Aventura Segura). O guia de turismo é apresentado e encaminha o grupo ao setor de equipamentos, onde são passadas informações gerais sobre os procedimentos para a realização da trilha e flutuação. Equipado, o grupo segue numa caminhonete adaptada para transporte dos turistas até o início trilha. O passeio começa com uma trilha interpretativa de aproximadamente 2.200 metros, percorridos na mata primária em 50 minutos. Os visitantes passam por árvores de grande porte como aroeira, peroba-rosa, bálsamo, angico e ipês, também podendo avistar animais como o macaco-prego, cotia, anta, queixada, mutum, entre outros. Na nascente do Rio Olho d’Água os visitantes têm um momento de contemplação. Ali, é realizada a adaptação ao uso dos equipamentos e, a partir daí, a correnteza leva os turistas calmamente rio abaixo, fazendo um percurso subaquático que dura aproximadamente 2 horas. Há uma parada em um pequeno deque submerso, para mergulhar e contemplar uma grande ressurgência do seu leito. São 1.800 metros até o encontro com o Rio da Prata. Nessa parte, é possível escolher entre continuar flutuando por mais 600 metros ou subir a bordo de um barco com motor elétrico até o final do passeio. Após a realização do passeio, será serviço um delicioso almoço.

Recomendado para: adultos e crianças (a partir de 8 anos)

Crianças entre 4 e 7 anos podem flutuar somente na área da nascente, desde que sejam acompanhadas por um responsável, retornando a sede. O passeio pode ser realizado por cadeirantes, porém é necessário o acompanhamento de guia exclusivo.

Distância: 54 km do centro de Bonito-MS

Tempo de deslocamento: 1h30

Duração do passeio: meio período

O que levar: roupa de banho, toalha, máquina fotográfica aquática, dinheiro para consumos extras – proibido o uso de repelente e protetor solar dentro do rio, por questões de preservação ambiental

Inclusos: seguro contra acidentes, materiais de primeiros socorros, coletes salva-vidas, máscara, snorkel, roupa e botas de neoprene, guia credenciado e almoço.

Antes de retornar para Bonito, vamos realizar uma parada para conhecer o Buraco das Araras. Uma imensa cratera aberta no cerrado, com aproximadamente 500 metros de circunferência e 100 metros de profundidade, sendo a maior dolina da América Latina. O passeio é feito em uma trilha de 970 metros de contemplação ao redor do buraco, que está localizado dentro de uma Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN. Nos dois mirantes, os visitantes podem observar a beleza do lugar, que ecoa o som de quase uma centena de araras-vermelhas, dentre outras espécies de pássaros que ali habitam. Cedinho e no entardecer os visitantes presenciam o espetáculo especial que essas aves dão ao sobrevoar a dolina, pois é o momento em que os grupos saem para se alimentar e retornam. No entanto, esses grupos se revezam, tornando possível avistar muitas araras durante todo o dia. De janeiro a abril os filhotes aprendem a voar, mas não há horário certo para visualizá-los.

Recomendado para: adultos, crianças de todas as idades e idosos

Distância: 60 km do centro de Bonito-MS

Tempo de deslocamento: 1 hora

Duração do passeio: 1 hora

O que levar: tênis ou sapato fechado e preso ao pé (uso obrigatório), água, repelente, protetor solar, boné, câmera fotográfica, binóculos

Opcional: observação de aves

Após o passeio, retorno para o hotel. Hospedagem e noite livre.

4º Dia: Bonito
Café da manhã bem cedinho e saida para o Abismo Anhumas. Uma caverna riquíssima em formações geológicas em meio a águas cristalinas em abundância, que proporciona adrenalina e fascínio a seus visitantes. O lago visitado em seu interior está a 72 metros abaixo do solo, sendo o rapel a única forma de acesso. Rapel é uma técnica usada para descida em segurança com o uso de cordas. Para fazer o passeio é obrigatório fazer um treinamento de rapel simulando a gruta, para garantir que o turista tem resistência física e não apresenta fobia durante a atividade.

Chegando ao passeio, o turista é recebido por monitores que o equipam para  a descida. São 72 metros da entrada da caverna até a plataforma flutuante construída sobre o lago de águas cristalinas, com profundidade de 80 metros e do tamanho de um campo de futebol. Após uma emocionante descida acompanhada por monitores especializados, o grupo realiza um passeio em bote inflável com duração de 30 minutos no entorno da caverna, no qual pode observar a formação geológica e diversos espeleotemas, como cones, estalactites  e estalagmites. Depois disso, o bote volta à plataforma e os visitantes se equipam para uma surpreendente flutuação de 30 minutos no lago. Durante a flutuação, é possível contemplar as formações submersas que constituem cones com tamanhos variados, alguns chegando a 19,5 metros de altura. Espécies de lambaris que vivem na caverna também poderão ser observadas. A temperatura da água tem em média 18ºC. Voltando da flutuação, os visitantes tiram o equipamento de flutuação, fazem um lanche e colocam o equipamento de rapel para iniciar a operação de subida de volta à superfície. A subida dura em torno de 25 minutos. Este passeio possui um Sistema de Gestão de Segurança.

Recomendado para: adultos e crianças a partir de 10 anos; peso mínimo de 30 kg e máximo de 110 kg. Restrições para mulheres grávidas e pessoas com problemas cardíacos. Sob consulta, há possibilidade de realização do passeio com cadeirantes ou portadores de outros tipos de deficiência.

Distância: 23 km do centro de Bonito-MS

Tempo de deslocamento: 1 hora

Duração do passeio: 4 a 5 horas

O que levar: calça confortável ou bermuda longa, camiseta de gola fechada e manga, tênis ou bota e meias longas. Não é aconselhado usar jeans. Roupa de banho, toalha, máquina fotográfica, lanche leve e água mineral. É proibido o uso de repelente e protetor solar, por questões de preservação ambiental.

Inclusos: todo o equipamento para realização do rapel, roupa de neoprene, meias de neoprene, máscara, snorkel, lanterna e materiais de primeiros socorros

Após o termino do passeio, retorno para Bonito. Hospedagem e noite livre

05º Dia: Bonito
Café da manhã e dia livre para recarregar descançar, recarregar as energias ou realizar algum passeio opcional.

Hospedagem e noite livre

06º Dia: Bonito / Bodoquena
Após o café da manhã, saída para passar o dia na Boca da Onça Ecotur. O passeio de trilha com banho em cachoeiras começa à 3.500m de distância desde a sede do receptivo até o caminho que dá início ao percurso de 4.000m pela mata ciliar do Rio Salobra. O visitante terá a oportunidade de passar por 8 Cachoeiras com 4 paradas para banho, uma das paradas é a Cachoeira da Boca da Onça com 156m de altura sendo a maior cachoeira do estado de Mato Grosso do Sul. Durante o percurso se tem uma escadaria íngreme de 800 degraus que pode ser feita subindo ou descendo dependendo do lugar de início do passeio; bem no meio do trajeto tem uma parada adicional no quiosque de apoio com bar e sanitários.

Voltar ao receptivo da fazenda poderá se realizar pela subida dos 800 degraus (Caso o passeio não tenha começado no mesmo local) ou através dos veículos de apoio da fazenda com capacidade para 10 pessoas e sai desde o quiosque de apoio.

Duração aproximada:  integral.

Observações e Normas ao respeito do passeio:

Crianças menores de 6 anos não pagam.

Restrições para mulheres grávidas e pessoas com problemas cardíacos.

Não recomendado para pessoas com dificuldades de tipo articular e/ou motriz.

É necessário um nível de condicionamento físico alto.

Após o termino do passeio, retorno para Bonito. Hospedagem e noite livre.

07º Dia: Bonito / Campo Grande.
Após o café da manhã e em horário oportuno, retorno para Campo Grande para embarque no aeroporto.

Hotéis

Sob Consulta

Dicas

Dicas Importantes para evitar quaisquer transtornos e garantir que a sua viagem aconteça da melhor forma possível, aconselhamos que leia atentamente às recomendações que seguem:

O que trazer para Bonito?

 

roupa de banho

toalha

boné

tênis para trilhas

papetes

chinelos

repelente

protetor solar

máquina fotográfica e/ou filmadora, preferencialmente subaquática

Informações

SOBRE OS PASSEIOS:

 

Nos passeios de nascentes é proibido o uso de produtos químicos, por conta da preservação ambiental.

O valor dos passeios não inclui o transporte. Caso necessário, o mesmo pode ser contratado separadamente.

Todos os passeios ficam dentro de fazendas particulares e têm capacidade de visitas limitadas por dia, de acordo com as suas licenças ambientais. Por isso é importante fazer as reservas com antecedência, principalmente no período de alta temporada – meses de julho, dezembro, janeiro, carnaval e feriados prolongados.

Muitas das estradas de acesso aos passeios são de terra e cascalhadas. São bem sinalizadas e de fácil acesso, permitindo que os turistas cheguem com seus próprios carros até as fazendas.

Recomendamos às pessoas que usam óculos de grau que tragam lentes de contato para realizar os passeios de flutuação, pois não é possível usar máscara e snorkel com óculos.

Para os turistas que visitam Bonito é preciso muita disposição para caminhadas, flutuações e um bom preparo físico para as atividades como rapel.

Todos os passeios estão sujeitos a condições climáticas. Cabe às fazendas decidir se haverá ou não o cancelamento do passeio em dias de chuva, com ressarcimento aos clientes. Caso o passeio esteja ativo e o cliente não compareça, o valor pago não será devolvido.

Todos os passeios estão sujeitos a alterações de valores sem prévio aviso.

Os meses de dezembro e janeiro são chuvosos em Bonito, por isso a água dos rios podem ficar turvas, com exceção das nascentes.

Os valores dos passeios são por pessoa e incluem a taxa do guia de turismo.

Não é permitido ingerir bebidas alcoólicas, fumar cigarros ou estar sob efeito de álcool ou drogas no ato dos passeios. Caso isso aconteça, o guia de turismo tem autonomia de retirá-lo do grupo e o mesmo perderá o passeio sem ressarcimento do valor pago.

 

MAIS INFORMAÇÕES IMPORTANTES:

Em Bonito, o fuso horário é de uma hora a menos com relação ao horário de Brasília e também segue o calendário de horário de verão.

Durante os meses de maio a agosto, a temperatura poderá variar de 15ºC a 25ºC durante o dia, podendo chegar a 6ºC à noite, a depender da frente fria. Trazer agasalho.

Na cidade de Bonito, encontram-se apenas quatro bancos: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco e Sicredi. Não há bancos 24h, não há Itaú. Os caixas eletrônicos da cidade funcionam até as 21h.

 
 
 
 
 

destinos brasileiros para estrangeiros

Mora no exterior e quer conhecer o Brasil com um guia exclusivo? A Antaris Travel te leva muito além de um passeio.

Solicite um contato

Como prefere ser contatado?

Conheça outros destinos brasileiros

destinos por estilo de viagem

Vai viajar a dois? Quer uma super aventura? Vai com os filhos? A Antaris Travel tem super dicas de diversos destinos para você! Oferecemos mais de 300 destinos no Brasil e no mundo!

Brasil

Mundo

Cruzeiros

Lua de Mel

Religioso

enoturismo

Horário de Atendimento 
Segunda a Sexta das 09:00h às 18:00h

Sábado das 09:00h às 13:00h

A Antaris Travel transforma o desejo de viagem em experiências inesquecíveis através de lembranças marcantes.

Temos paixão pelo que fazemos, excelência na viagens e dedicação total ao Cliente.

contato@antaristravel.com.br

R. Teixeira, 352 - 2° Andar - Ed. Espelho do Lago
Taboão - Bragança Paulista/SP - CEP.: 12.916-360

11 4032-8918

11 98845-8372

© 2018 Desenvolvido por Ding Publicidade