Porto-Geral-1.jpg

CORUMBA

,

CORUMBÁ - UM PÉ NO PARAÍSO, CHAMADO PANTANAL!

Localizada bem na fronteira entre a Bolívia, ás margens do Rio Paraguai, Corumbá, no Mato Grosso do Sul é a maior cidade pantaneira. Com cerca de 110 mil habitantes e a quase 500Km da capital Campo Grande, é um dos destinos mais procurados, turisticamente, em função da pesca esportiva, cruzeiros fluviais e do ecoturismo pelo Pantanal.

Corumbá oferece uma estrutura turística baseada nas belezas naturais e biodiversidade de fauna e flora da maior planície alagada do mundo com uma área total de 220 mil km² que abrange também o vizinho do norte,  Mato Grosso, a Bolívia e o Paraguai.

As opções de passeios são diversas e vão desde safáris fotográficos, cavalgadas em fazendas pantaneiras, contemplação de animais silvestres na estrada parque a uma antiga trilha de 120 Km de extensão, aberta no final do Século 19 pelo Marechal Cândido Mariano Rondon.

Fonte: Wikipédia

Fonte: blogdaescalada.com

O que fazer em Corumbá?

Safári pela Estrada parque Pantanal

A Estrada Parque Pantanal, com 120 km, foi a primeira estrada a ligar Corumbá a outras cidades brasileiras, como Campo Grande.

Uma das melhores opções é visitar a estrada parque que possui 120 km de extensão entre as cidades de Corumbá e Miranda e oferece dezenas de pontes para parar e observar os animais da região como jacarés, pacas, capivaras, tamanduás, macacos, quatis e, se der sorte, até onças.

Passeio de barco pelo Pantanal.

Para fazer o passeio de barco pelo Pantanal, prefira a época de cheia, entre junho e agosto.

Passear de barco nas águas do Rio Paraguai é uma boa maneira para curtir as paisagens naturais do Pantanal. Os passeios duram em média três horas e podem ser realizados em barcos pequenos, médios ou grandes, alguns oferecem até refeição inclusa no preço.

O lugar é privilegiado para avistar animais, como ariranhas, antas, lontras capivaras e jacarés. Distante 270 km de Corumbá, a Serra do Amolar é uma espécie de corredor ecológico que abriga o Parque Nacioip do Pantanal.

Porto Geral 

Esse é o ponto perfeito para apreciar o Rio Paraguai! É daqui que saem os passeios pelo Pantanal.

Museu da História do Pantanal 

Com um rico acervo sobre a região pantaneira, o MUHPAN conta a história das primeiras ocupações humanas na região, há 6 mil anos, até a chegada dos imigrantes no século 20.

O museu fica num prédio construído em 1876, que na inauguração funcionou como armazém.

O MUHPAN (Museu de História do Pantanal) está localizado na Rua Manoel Cavassa, 275, na região do Porto Geral e do casario.

O museu funciona de segunda à sexta, das 9h às 11h20 e das 14h às 17h20.

Forte Junqueira 

O Forte Junqueira foi construído logo após a guerra do Paraguai para assegurar a paz na fronteira com o Brasil. Vale visitar o forte para apreciar a paisagem pantaneira e o Rio Paraguai.

Passeio na Bolívia

Pois é, além de tudo que a cidade tem para oferecer, ainda faz fronteira com a Bolívia? Puerto Quijarro, cidade a apenas 12 km de distância do centro da cidade.

Puerto Quijarro, mais precisamente a localidade de Puerto Aguirre, uma zona de livre comércio onde há uma grande variedade de produtos.

Focagem Noturna

A focagem noturna é outro passeio imperdível! Podendo ser de barco ou de carro, o objetivo é visualização de animais como jacarés, cervos, lobos, e, é claro, as famosas onças! Muitos desses animais têm hábitos noturnos.

Quando ir?

- Inverno (de julho a setembro):

Essa é a melhor temporada para ver animais no Pantanal. O nível dos rios baixam e os bichos buscam água e alimento, nas margens de estradas, para delírio dos visitantes. No entanto, a temporada de 2016 se estendeu até o início de novembro e era possível encontrar felinos, ainda no final da temporada.

Os dias podem ser quentes e abafados, mas com noites mais frescas, a 21° C, aproximadamente.

 

 - Verão (de janeiro a março):

As chuvas do período começam a alagar a planície, com céus, alternadamente, claros e nublados; e os animais buscam refúgio em áreas mais elevadas. É nessa época que os répteis botam seus ovos e começa a migração de aves. As temperaturas são elevadas e chegam a 32°C aproximadamente.

 

 - Outono (de abril a junho):

Com o fim da temporada de precipitações, os céus do Pantanal ficam mais claros e os campos assumem tons mais verdes.

 

 - Primavera (de agosto a dezembro):

 Temporada de céu claro, acasalamento de mamíferos e migração de aves como andorinhas e gaviões.

destinos brasileiros para estrangeiros

Mora no exterior e quer conhecer o Brasil com um guia exclusivo? A Antaris Travel te leva muito além de um passeio.

Tem dúvidas? Não encontrou o que procurava? Você pode fazer uma cotação informando os detalhes da viagem pretendida ou pode entrar em contato conosco.

Horário de Atendimento 
Segunda a Sexta das 09:00h às 18:00h

Sábado das 09:00h às 13:00h

A Antaris Travel transforma o desejo de viagem em experiências inesquecíveis através de lembranças marcantes.

Temos paixão pelo que fazemos, excelência na viagens e dedicação total ao Cliente.

contato@antaristravel.com.br

R. Teixeira, 352 - 2° Andar - Ed. Espelho do Lago
Taboão - Bragança Paulista/SP - CEP.: 12.916-360

11 4032-8918

11 98845-8372

© 2018 Desenvolvido por Ding Publicidade